Publicações

Publicado em 02/10/2014 ás 00h00

Transformadores de distribuição certificados pelo INMETRO

A Romagnole foi uma das primeiras fabricantes do país a obter o certificado de eficiência energética para os transformadores de distribuição e pedestal com potência de até 300kVA. O certificado comprova que os equipamentos são produzidos de acordo com as normas da Portaria Interministerial nº 104, de 22 de março de 2013, onde se determinou que todos os transformadores desta categoria fabricados a partir de 1º janeiro de 2014 devem possuir o selo do INMETRO comprovando que atendem aos requisitos de eficiência energética determinados pelos órgãos competentes.

Para obter esta certificação, os transformadores Romagnole passaram por um processo de inspeção no INMETRO e são submetidos a avaliações periódicas através de ensaios realizados em laboratórios oficiais para comprovar sua qualidade e eficiência.

Menos perdas e mais economia

A certificação de eficiência energética comprova que as perdas de energia ocasionadas durante o funcionamento do equipamento estão em padrões estabelecidos como mais eficientes, o que se traduz em economia para a empresa ou consumidor que utiliza o equipamento.

Um estudo realizado pela Romagnole evidenciou claramente as vantagens de se utilizar um transformador que apresenta valores de perdas dentro do estabelecido por norma. Dois transformadores, um da marca Romagnole e outro de um fabricante que não participa do Programa Brasileiro de Etiquetagem, foram submetidos ao ensaio de elevação de temperatura, que comprova a capacidade do produto. O resultado concluiu que, utilizando os transformadores Romagnole, que estão certificados, o consumidor estará economizando na conta de energia todos os meses.  Além disso, deve-se levar em consideração, que um transformador operando em sobrecarga prejudica consideravelmente sua vida útil e pode necessitar de manutenções precoces, fazendo com que ao longo da sua utilização o equipamento não certificado se torne muito mais caro.

Outro diferencial dos transformadores Romagnole é que, por possuírem eficiência energética garantida pelo INMETRO, eles estão aptos a operar na cadeia de geração de energias renováveis. Por possuírem baixas perdas, assumem grande importância na devolução da energia elétrica excedente para as redes das concessionárias de energia, maximizando a receita.